Pós Parto

A Dermopigmentação não é um tratamento, é uma reparação cromática estética que consiste num micro implante de pigmento na epiderme e derme. Corrige a cor da pele, nunca o volume, mas pode criar um efeito de 3d. Utiliza tons predominantemente claros e orgânicos. Em contraponto com a tatuagem corporal tem uma duração de aproximadamente 2 a 4 anos.

Seguidamente encontram-se alguns casos que exemplificam o trabalho desenvolvido, e os resultados obtidos com esta técnica de dermo/micropigmentação.

Procedimentos:

Na Face – pigmentação do contorno lábial e preenchimento em cicatriz de lábio leporino ou em cicatriz simples

Pigmentação de sobrancelhas, total ou parcial

Pigmentação de cicatrizes no couro cabeludo e em falhas pontuais de pilosidades – alopecia

Pigmentação do Complexo Areolo-mamilar – pós reconstrução mamária e pigmentação de cicatriz peri-areolar.

Antes e depois










Pré Operação

Imediatamente após

Após 15 dias

Responsável Clínica

Ana Sofia Pires – técnica de Dermopigmentação / Micropigmentação médica estética.

Curso de Micropigmentação em Madrid (1994) e em Marselha (2010).

Ao longo destes 23 anos trabalhou na área da dermopigmentação médica junto das Clinicas médicas e das equipas de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva.

Perguntas frequentes

Em que consiste o tratamento Mommy Makeover?

O tratamento é cirúrgico e consiste em minorar os aspectos referidos, podendo quando necessário, ser tratadas ambas as zonas numa única cirurgia, o que alia a possibilidade de resolver ambos os problemas numa única intervenção, apenas com um período de recuperação, diminuindo também os encargos económicos, quando comparado com realizar duas cirurgias separadamente.
Na região abdominal é fundamental abordar todos os apectos que possam ter sofrido alterações. O aspecto abaulado do abdómen que muitas mulheres apresentam após as gravidezes deve-se a um afastamento da musculatura abdominal – diastase dos rectos que deve ser corrigida na cirurgia, reposicionando os mesmos. Na região umbilical, por vezes há pequenas hérnias ou alterações da forma que são corrigidas com uma herniorrafia ou onfaloplastia. Para além disso, é removido o excesso de pele, conferindo um ar tonificado e tenso ao abdómen. Consoante as situações, pode-se realizar uma mini-abdominoplastia ou uma abdominoplastia, que em alguns casos pode ser complementada com uma lipoaspiração.
Idealmente, estes procedimentos devem ser realizados quando não se considera mais nenhuma gravidez futuramente, não por haver alguma incompatibilidade com outra gestação, mas sim pelo facto de não se perderem os resultados obtidos.

Qual é o tempo de recuperação?

O período de recuperação depende da extensão dos procedimentos realizados, em geral varia entre uma e três semanas.

Os meus implantes irão alterar o meu desempenho físico, tais como trabalhar, levantar pesos, ou levantar objectos pesados?

É muito pouco provável. Dependendo do tamanho do implante, a maioria das mulheres não encontram problemas em realizar a maioria das atividades físicas após a cirurgia. Levantar pesos, ou levantar objetos pesados não afectará o implante uma vez que depois de estar totalmente cicatrizada a prótese adere totalmente ao local aonde foi colocada, não se move e torna-se imperceptível ao tacto.

Marque já a sua consulta