Remodelação volumétrica corporal

Quando envelhecemos a gordura que se encontra por baixo da pele e no tecido celular subcutâneo vai desaparecendo lentamente. Para solucionar estes efeitos do envelhecimento e outros derivados da falta de volume corporal como o caso dos glúteos usamos a técnica do lipofilling com gordura.

Lipofilling é a técnica que nos permite dar volume a certas zonas do corpo mediante a utilização de gordura própria do paciente como material de preenchimento.

Esta técnica é usada desde 1998 com muito bons resultados tanto com fins estéticos como reparadores. A gordura autóloga é o melhor material de preenchimento e o menos nocivo para o organismo já que se trata de tecido gordo do próprio paciente.

Evita a utilização de materiais sintéticos que podem ocasionar complicações de extrusão ou reação de corpo estranho e terem de ser removidos.

É uma técnica que consegue resultados estáveis e duradouros conseguindo que a gordura não se reabsorva a longo prazo.

Procedimento

Para se obter gordura para posterior implante tem de se lipoaspirar as zonas dadoras como o abdómen, zona externa das cochas, flancos, coxas que são as mais frequentes.

A lipoaspiração é feita sob anestesia geral e é utilizada uma cânula fina ligada a um dispositivo de aspiração com um recipiente que vai separar os vários estratos da gordura aspirada em sangue, fluidos anestésicos e gordura líquida de um lado e gordura pura de outro e é estas que se vai infiltrar.

Para se obter 5cc de gordura pura necessitamos de 10cc de gordura aspirada.

A gordura pura obtida vai ser infiltrada com uma micro cânula, subcutânea ou intramuscular para evitar que a gordura se absorva e os resultados sejam duradouros, através de incisões mínimas perto das zonas a tratar.

Na maioria dos casos só é necessária uma sessão de tratamento para se obter o resultado desejado.

Pré-Operatório

É obrigatório a realização de exames para detetar qualquer possível anomalia que contraindique a cirurgia.

Pós-Operatório

Depois de finalizar a gordura implantada vamos imobilizar a zona durante 10 dias com cintas de compressão.

Existe sempre na zona implantada um edema residual que pode demorar vários dias a desaparecer, no entanto podem retomar a vida normal em 4-5dias e exercício físico ao fim de 1 mês.

Perguntas Frequentes

Que contraindicações tem a cirurgia?

Não existem contraindicações específicas, no entanto é necessária uma avaliação e exames para garantir que não existem riscos para a saúde do paciente.

Quando é que se pode apanhar calor e sol?

Depois de um mês da cirurgia já é possível ir á praia e praticar exercício físico.

Antes e depois




Pedido de informações