MAMILOS INVERTIDOS

Os mamilos invertidos ou invaginados é uma alteração congénita que ocorre em 3% da população mundial. Apesar de ser uma patologia associada maioritariamente às mulheres, também pode acontecer a homens.

Na maior parte das vezes é bi-lateral e é causado pela fraqueza de um esfíncter muscular presente na aureola ou pela presença de canais galactóforos mais curtos que repuxam o mamilo.

Estes canais são os responsáveis pela condução de leite da glândula mamária até ao mamilo. Mamilos retraídos unilaterais de aparecimento tardio têm causas inflamatórias ou funcionais e devem ser investigados.

Existem três graus de invaginação dos mamilos:

Grau I – o mamilo exterioriza-se com manipulação e permanece evertido
Grau II – mamilo exterioriza-se com manipulação nas rapidamente invagina.
Grau III – o mamilo nunca é exteriorizado

96% das pacientes pertencem ao Grau I e II; e por estarem descontentes esteticamente ou não conseguirem amamentar procuram a cirurgia.

Procedimento

Existem duas técnicas cirúrgicas para inverter mamilos, a que se corta os ductos galactóforos e a que não se corta.
O procedimento em que se corta os canais galactóforos é feito com anestesia local ou com sedação, e tem a duração de aproximadamente 30 minutos. Não requer internamento e só é feito em mulheres que não pretendam engravidar porque depois desta cirurgia é impossível controlar a amamentação.

Não existem cicatrizes. Condutas paliativas como bombas de vácuo ou exercícios para puxar o mamilo são ineficazes, só a cirurgia devolve a posição correta e definitiva do mamilo.

Pré-tratamento

Recomenda-se a hidratação diária dos mamilos um mês antes da cirurgia.
É muito importante antes da cirurgia a realização de uma ecografia e mamografia.

Pós operatório

A paciente fica com pontos por baixo do mamilo que serão removidos ao fim de um mês. É colocado um penso e um sutiã de contenção.

Perguntas frequentes

A cirurgia dos mamilos invertidos pode ser feita ao mesmo tempo que outros procedimentos?

Sim, pode ser feita em conjunto com o aumento mamário , ou, com qualquer cirurgia de redução ou lifting mamário, não tendo as pacientes que passar por dois períodos operatórios.

O mamilo depois da cirurgia pode invaginar novamente?

É muito raro, mas poderá acontecer de novo e nesse caso novo procedimento cirúrgico está indicado.

Pedido de informações

Marque já a sua consulta





campos de preenchimento obrigatório.